terça-feira, 29 de novembro de 2011

Fugir para longe!!!

A quem é que nunca passou pela cabeça, num momento qualquer da vida, deixar tudo e fugir para longe?
Um acto de cobardia, ou de muita coragem?
Uma fuga ou a solução para um problema?

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Uma pequena grande verdade :)




Um caderninho...

Nada de novo para mim!
Desde que me lembro de ser gente que faz parte de mim ter um caderninho na mesa-de-cabeceira!
Já tive e ainda tenho vários: diários pessoais, de poemas, de notas importantes, diários de bordo, de pensamentos e/ou desabafos soltos, de dedicatórias, de reuniões de isto ou daquilo, de discernimento vocacional… entre tantos outros! Este será apenas mais um… Um caderninho de vocação à vida e conversas com Deus!

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Voltei!!! Já não era sem Tempo!!!



Depois de tanto tempo e, numa fase em que ando sem tempo, tenciono ter mais tempo para voltar a deixar neste espaço algumas Palavras soltas...



Hoje, essas palavras serão sobre o TEMPO!

Não! Não vou falar sobre o sol que está lá fora!
Até porque, se assim fosse, teria obrigatoriamente que vos dizer que hoje optei por não fazer a tão falada greve e, por isso, não posso aproveitar o sol que "o tempo" hoje nos presenteou...

Hoje o tempo é outro, é o da história... Aquele simpático amigo que todos se queixam de ver pouco...

Sabem, o tempo é uma coisa tramada!

Nos últimos tempos na minha modesta vida, tenho ouvido muito "o nosso tempo não é o tempo de Deus"... E que Deus sabe sempre quando é o tempo certo!
Quando será que passamos a usar o mesmo relógio?
Às vezes não percebo este nosso fuso horário, mas com o tempo tenciono lá chegar...

No entanto, a verdade é que, embora me queixe e ande sempre a 1000 à hora, nunca tive tanto tempo para fazer e estar com quem mais gosto, como agora! Parece que quando fazemos as coisas de coração o tempo se prolonga (ainda que seja até às tantas da manhã) e se faz mais produtivo tanto para quem dá, como para quem recebe.

A verdade é que parte do segredo do Tempo passa pelo nosso coração. A outra, um pouco mais prática, e menos racional está apenas em fazer melhor a selecção. Não do tempo, mas da aplicação deste! E assim temos tempo para tudo...

Inclusivamente para se ser feliz!!!