sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Talvez seja hoje, amanhã ou algures no fim-de-semana...

Campanha de Recolha de alimentos do BA

Os Bancos Alimentares Contra a Fome realizam neste fim-de-semana mais uma campanha de recolha de alimentos nos supermercados das zonas onde desenvolvem atividade.
Será também possível contribuir até 8 de dezembro na campanha “Ajuda Vale”, bastando pedir um vale nas caixas dos supermercados com um código de barras específico para os produtos destinados aos Bancos Alimentares.
Está também disponível ainda uma plataforma eletrónica em http://www.alimentestaideia.net/ para doação de alimentos pela internet, que permite a participação na campanha de pessoas que habitualmente não se deslocam ao supermercado ou que residam fora de Portugal.
A campanha conta com a colaboração de mais de 40 mil voluntários, à porta de quase 1.900 estabelecimentos comerciais. E em 2012 foram apoiadas 2.221 instituições de solidariedade, que entregaram os produtos alimentares a mais de 389.200 pessoas, sob a forma de cabazes de alimentos ou refeições confecionadas.
Eu sou faço parte desse n.º de muitos mil, eu sou uma voluntária do BA, eu movo pessoas todas as campanhas para se voluntariarem, eu disponibilizo o meu tempo, eu dou cara e o coração por esta causa, eu contribuo com alimentos, EU ALIMENTO ESTA IDEIA…
VENHA AJUDAR-NOS!!!
Não custa nada e vai ajudar muito! Mesmo com o pouco que possa contribuir, vai fazer a diferença na vida de alguém...
Pense nisto!!! Vale a pena alimentar esta ideia!

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Apaixonada por presépios #1

Ao longo dos anos já tive muitas taras e manias, muitas colecções, muitos gostos. E é claro que, graças a isso, tenho a casa cheia de... coisas e coisinhas que em tempos foram uma "grande" paixão! E estamos a falar das mais variadas coisas desde selos, porcos, miniaturas, caixas (uma das poucas que se mantêm!), almofadas ou a amostras de produtos de cosmética. Há de quase tudo lá por casa!
Nos últimos tempos há uma "pequena colecção" (não gosto de a tratar assim!) que surgiu assim, quase sem crer e de que gosto particularmente. Uma paixão que sei que vai durar para toda a vida, que são os inúmeros PRESÉPIOS que vou comprando, fazendo e, na sua larga maioria, recebendo dos familiares e amigos. Assim, e porque estamos quase no Natal, vou colocar por aqui (em imagens) a minha paixão por presépios! Vou mostrar-vos desde os que conheço e que gosto muito, passando pelos que já tenho, sem esquecer os que gostava de ter...
 
E, quem sabe não recebo uma prendinha surpresa, assim tão fofinha como este presépio lindo e amoroso que encontrei na net...
 
Amo muito! E estejam à vontade para mo oferecerem... :)
 
 

Novidade!!! :D

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Falta menos de um mês...

Para o Natal!!!
E eu já tenho a maratona das prendas quase despachada. :)

oferecido no ano de 2012

Assim, a vida ganha (mais) sentido...

Com o passar dos anos, tornei-me mais sentimental e com o avançar do tempo a minha capacidade de lacrimejar ficou a modos que muito "mais sensível". Por isso, é normal que hoje me tenha emocionado quando recebi este vídeo com a seguinte mensagem "estava a pesquisar sobre os judeus para um trabalho de português e sem querer encontrei isto e lembrei-me de ti". Oh pá!!! Para além, do vídeo estar lindo, senti qualquer coisa que não dá para explicar...
E aproveitei para recordar todo o nosso passado (que não cabe numa caixa de sapatos!): lembrei-me da primeira vez que lhe(s) falei da história da Páscoa, de Jesus, do quanto Ele sofreu e do quanto nos ama; recordei o(s) tamanho(s) e a(s) vozinha(s) que tinha(m), as dúvidas, as traquinices, o quanto era(m) fofinho(s)... Hoje, após 9 anos, é bonito ver e sentir que, também quando encontram coisas como estas se recordam de mim... É tão reconfortante. E eu sei que, fica sempre algo!

Obrigada B.G.! :)

É com estas pequenas/grandes coisas que a vida ganha (mais) sentido!

sábado, 23 de novembro de 2013

Era uma vez...

Uma menina que sempre foi diferente.

Na verdade, passados alguns anos, ela percebeu que ser diferente era, na realidade, ser especial. Mas esse foi um processo moroso e até um pouco doloroso.
Essa menina cresceu sempre muito certa de tudo o que queria, era sonhadora, lutadora e determinada; queria ser muitas coisas quando crescesse, queria ter o que a maioria das meninas quer; mas não teve. E achava certo que, embora fosse difícil, iria ter tudo o que sempre sonhara, mas também não teve. Em suma, era uma menina diferente mas não deixava de ser feliz!
Durante a sua infância essa diferença nunca a havia incomodado, na verdade essa diferença - para além das quatro paredes do seu quarto - não se notava. Depois chegou a adolescência e aí tornou-se evidente: havia algo! Era notório que algo não estava certo, havia tanta coisa no mundo do qual ela não fazia parte, coisas que não podia fazer, coisas que queria muito mas que não dava para ter, lugares simples onde queria ir e não podia, pessoas que não a viam ou quando viam era para gozarem com a sua diferença. E aos poucos, muito aos poucos, devagarinho, tudo mudou...
A menina deixou de ser criança, a adolescente sobreviveu e cresceu, os sonhos ficaram pelo caminho, as forças escassearam e ao fim de muitos anos viu que de todas as privações, as muitas lágrimas ingratas, os falsos amigos, as coisas que não fizera, tudo.. Tudo tinha um sentido! E no dia em que ela percebeu isso, o pânico apoderou-se do seu mundo e ela chorou amargamente... Nesse instante, voltou a ser menina e viu com clareza que, foi no momento em que se desviou daquilo que era a sua diferença que deu real valor a uma proteção especial que sempre teve, que muitas vezes invocara mas a quem nunca deu o devido valor. Deus mostro-lhe, o quanto era especial!
 
"Cada uma de nós foi colocado no sitio certo para fazer o que lhe é destinado." 
 

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

terça-feira, 19 de novembro de 2013

"Amar"

Só quem ama de verdade percebe três coisas no outro: a dor atrás de um sorriso, o amor atrás da raiva e a mensagem atrás do silêncio.

Aglair Grein

 

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

aprendendo...

A tristeza também ensina e mostra coisas extraordinárias. Afinal, só se consegue ver as estrelas se estiver escuro!
 
 

#14 - O que dizem de mim

 - Tu tens os amigos todos longe!
 
 Verdade! E mentira!
 
De facto tenho grandes amigos longe, tenho amigos (felizmente!) espalhados um pouco por quase todo o Portugal. Mas, também tenho alguns perto e mesmo os que estão longe estão sempre perto...

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Algum medo...

"A vida vem com muitos desafios. Os que não devem nos assustar são os que podemos enfrentar e controlar"
Angelina Jolie
 
As pessoas que amamos nunca deviam ficar doentes, as pessoas que amamos deviam ser intocáveis, as pessoas que amamos deviam ser sempre lindas e felizes...
 

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Vem aí um desafio!!!


A alegria está no dar :)

Porque a minha vida é mesmo assim. Porque só sou feliz a dar de mim, a levar aos outros o pouco que tenho e sou, a partilhar, a dividir e distribuir... Porque hoje "isso" aconteceu com um doce miminho. Porque todos os dias me esforço para puder dar pequenos mimos aos que me rodeiam (mesmo quando tudo é escuro e difícil). E, sobretudo, porque quanto mais dou, mais feliz sou, afirmo feliz: que a minha alegria está no dar!
Assim aqui fica, fazendo todo o sentido, a bonita oração de São Francisco:
 
Se onde houver ódio, eu levar o amor,
e na ofensa, eu for perdão,
se na dúvida, eu levar a fé,
e na discórdia, a união.
 
Sou feliz, porque a vida é partilhar,
mais do que receber, alegria está no dar.
Sou feliz, porque a vida é partilhar,
mais do que receber, alegria está no dar.
 
Se onde houver tristeza, eu for alegria
e no desespero, eu for esperança,
se nas trevas, eu for luz
e na vida, confiança.
 
Sou feliz...
 
Procurando menos ser consolado,
compreendido ou ser amado,
vou receber sempre que eu der,
ao perdoar vou ser perdoado.
 
Sou feliz...


O caminho certo...


quarta-feira, 6 de novembro de 2013

A long time ago!

Parece que foi ontem...
Sinto-o como se tivesse acontecido há instantes...
Recordo como se fosse presente...
Mas, a verdade é que já aconteceu há muito tempo!
E eu, estupidamente, ainda conto os dias... Ao início fazia-o para me galardoar, pois era uma vitória cada dia longe. Depois passei a fazê-lo por raiva porque assim existia um tempo palpavel para puder "atirar-te à cara". Agora faço-o porque o calendário fica vazio se não lhe acresto mais um número...

O formato do amor :)

 

#13 - O que dizem de mim

- Tu és uma pessoa positiva!
 
 
Sim. é verdade! Sou uma pessoa positiva, que acredita sempre no lado bom das coisas. Mas ninguém imagina o esforço que às vezes tenho que fazer para que isto seja assim o tempo todo... 

domingo, 3 de novembro de 2013

Vou cuidar sempre de ti...

 
A amizade é assim!

Um dia, um fim-de-semana, uma família...

A vida - a minha vida - é, de facto, uma bênção de Deus! Sou uma pessoa muito agradecida, não só pela vida que tenho, mas sobretudo pelo que vivo a cada dia, cada fim-de-semana, cada pedacinho de vida...
Um dia... o de sábado! Foi diferente, foi bom e há muito que não tinha um dia assim. Foi simples, despreocupado, a passear por locais lindos e com uma companhia também ela(s) linda(s). Gostei muito da cada loja, cada compra, cada conversinha, cada passo que demos. Foi tão bom!
Um fim-de-semana... quase todos! Sou muito feliz nos meus fins-de-semanas porque faço exclusivamente aquilo que gosto. E apesar de alguns serem muito cansativos, a verdade é que a recompensa é sempre muito boa. Hoje, por exemplo, no final de mais um fim-de-semana estou de coração cheio, porque tudo está a correr à vontade de Deus e estou feliz porque com calma e tranquilidade poucas são as coisas que abalam esta minha entrega...
Uma família... aquela a que pertenço! Hoje, melhor do que nunca e de uma forma muito especial, percebo o que é pertencer a uma grande família...