sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

A sentir-me muito injustiçada :(

Não sei o que doí mais, se ter que calar um grito de revolta que me mata aos poucos, se fingir que não vivi o melhor e o pior numa história que nunca foi minha, se ter que, forçosamente, ignorar tudo o que estou a sentir/viver e friamente avançar sem conseguir aliviar-me de algo que me parece tão, mas tão injusto!  Posso ter 100% de culpa por estar nesta situação. Admito, que tenho 99% da culpa, que fui parva, tola, inconsequente, incrédula, e tanto mais... Mas isto é surreal. Isto custa muito. É mau demais. E, sinceramente, não me parece que mereça tamanha "maldade"....


Sem comentários:

Enviar um comentário