quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Um novo dia após a tristeza...

Há sempre um dia na tua vida em que tu sabes que, irreversívelmente, tudo se alterou para sempre!
Nesse dia, embora saibas que no fundo, tudo começa e acaba no coração de cada pessoa que foi ou é parte integrante da tua vida, a atitude final de cada um será o que vai ficar, para sempre, gravada na tua memória.
Mas a força e a coragem, a resiliência e a fé são armas, que após esse dia, terás que passar a utilizar todos os dias, dia-após-dia, como se de um ritual se tratasse...
Na vida há decisões muito difíceis. Todos os dias aprendes a fazer escolhas. Todos os dias escolhes a orientação, o sentido, o rumo, a vontade, a pessoa, o caminho, o princípio... Passas a acreditar que só és capaz de enfrentar os obstáculos que a vida te vai colocando no caminho quando aceitas que escolher dói, faz ferida, deixa marca, corrói e desgasta, todos os dias, um pouquinho mais... Deixas de conseguir ver que, só ás vezes, é que escolher significa ir ao fundo. E, depois, olhar para cima é um exercício esquecido, e mesmo quando tornas à superfície, vens cabisbaixa, derrotada, triste, enfadonha, cansada...
Mas, quando se tem cravado no adn a vontade firme de lutar sempre, mais e muito para se ser feliz, há sempre um dia em que dás por finda essa derrota, dás o grito de revolta, arrumas as velhas armas e libertas-te! Porque é burrice viver preso a ilusões, a vazios, a pessoas que não souberam te amar, àqueles que não merecem a tua companhia, a lugares onde a tua presença é só mais uma entre muitas, a coisas que cansam e desgastam a inquietude de uma vida mais. No fundo percebes que é pura estupidez viver presa a um comprometimento com a tristeza que não queremos que seja parte de nós!

Sim a vida é feita de escolhas. Todos os dias. Escolhas regadas pela fé que se renova a cada gesto, a cada passo, a cada instante... A vida é feita de escolhas difíceis, de tristezas, de desilusões... Mas a vida é cimentada nos novos planos que se traçam, nos novos projectos que nascem no meio do caos emocional e das pessoas, no novo dia que nasce sempre disposto a te oferecer novas oportunidades, novas pessoas, novas experiencias, novos sorrisos, novas formas de vida. 
Na vida tudo é breve, nada dura para sempre e faz parte do caminho desanimar um pouco, para que assim possa surgir, um novo dia após a tristeza. 

Sem comentários:

Enviar um comentário