terça-feira, 10 de março de 2015

Às vezes perco-me no tempo

Deixei de contar o tempo, desde o momento em que estive contigo, mas a verdade é que preciso de contar o tempo, para saber quanto tempo ainda estarás comigo...


Sem comentários:

Enviar um comentário