quinta-feira, 23 de abril de 2015

Eis a resposta!

Antes de mais, esclarecer que não deixei a resposta para hoje, porque estava à espera que o mundo acabasse. Não. Deixei-a para hoje, pois ontem não tinha o tempo que seria necessário para esta resposta tão difícil! Poderia responder com outras questões, com duvidas e tão poucas certezas. Mas, acho que sabem, porque já o manifestei por aqui algumas vezes, que ainda ando em busca da "tal" felicidade... Contudo,
SIM!!!!

Sim. Se o mundo acabasse agora eu diria que fui sou feliz! Mas, ainda bem que o mundo não acaba já, porque acredito que ainda tenho muito mais para ser feliz!!!
Não posso dizer que tenho sido escandalosamente feliz toda a minha vida! Mas, alguém o é?
Sou feliz com extraordinária mãe que tenho, na família que Deus me deu e nos amigos com quem divido os meus dias. Sou eternamente feliz, porque um dia conheci aquela que hoje é a minha mana de coração, sou feliz com as crianças que tenho na minha vida, mesmo que entretanto tenham crescido, sou feliz pelos "meus meninos", com os meus projectos, actividades, compromissos e responsabilidades... Sou feliz sempre que vejo um gesto de amor, de amizade, de carinho... Sou feliz quando estou em paz, quando viajo, quando brinco, quando danço, quando me abraçam e sorriem... Sou verdadeira e desesperadamente feliz quando me entrego aos outros! Quando faço aquilo que gosto, quando estou com as pessoas de quem gosto, quando a vida se realiza em pleno...


Já passei por muitas coisas na vida: vi a minha mãe a perder a sua saúde e hoje ser metade daquilo que foi um dia, perdi o meu pai da noite para o dia, assisto à doença da minha irmã, ganhei três sobrinhos sem mãe e assisti a todo um crescimento doloroso daqueles três seres por quem dou a vida, perdi amigos que julguei eternos, desiludi-me com o meu primeiro amor, com o segundo e o actual... foi impossibilitada de viver muitas coisas e convencida a desistir de alguns sonhos, abandonei caminhos que julgava para sempre, perdi oportunidades e com isso pessoas que hoje podiam ser a base do meu mundo e sei que mais coisas menos boas viram... Mas, ainda assim, sempre fui e sou feliz! Porque para se ser feliz, basta pouco: basta crer! E eu quero muito ser feliz: ontem, hoje e sempre...
E, em mim, ainda habitam muitos sonhos. Não sei, se me será dada a oportunidade de os realizar a todos. Não sei se terei tempo e forças para os viver em pleno. Não sei o que me está destinado no amanhã... Por isso assumo que SIM, sou feliz! Não sempre, não em pleno, não no êxtase da coisa, mas sou feliz. Simplesmente, feliz. E, na minha vida, tenho a sorte de ter coisas, momentos, lugares, cheiros, sabores, sensações e - sobretudo - pessoas que serão para sempre eternos em mim, pois foram são os alicerces da minha felicidade! E sim é, sem hesitar, a minha resposta!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário