sexta-feira, 8 de maio de 2015

Post referente ao dia 5 Maio 2015

Hoje é dia de reflexão, de balanço, de retrospectiva, de reinício de um novo ciclo... Hoje é dia de fechar, de vez (espero!), a porta de uma fase da minha vida... Uma fase onde fui feliz, fui menina e mulher, inocente e inconsequente, louca e séria de mais. Uma fase da qual não me posso arrepender, mas de que também não me orgulho. Se pudesse recuar no tempo, voltar atrás e reescrever o meu destino sei exactamente o que mudava, sei o que diria, quem colocaria para sempre do meu lado e no que investia sempre mais. Mas a vida é mesmo assim: a vida é como um caminho simples, bonito e, às vezes, enlameado... A vida é semelhante a um caminho que temos que percorrer com força, fé, esperança e coragem... um caminho que não nos permite voltar atrás, que não dá hipótese a arrependimentos e que, na sua maioria das vezes, nos mostra o quão importante é sermos fieis a ele mesmo. Hoje, de coração dilacerado, assumo que nem sempre fui fiel no meu caminhar...

E o amor, por maior que ele seja, não pode servir de desculpa para tudo!

Sem comentários:

Enviar um comentário