segunda-feira, 1 de junho de 2015

A culpa é do tempo!

Hoje acordei carente, com vontade de ficar na cama e de lá ficar tempos findos, a necessitar de um aconchego quente, de um abracinho bom... Acordei saudosa... E a culpa é deste tempo, desta chuva miudinha imprevisível. Adoro a chuva. Mas esta, não devia vir molhar aquilo que eu já tinha esquecido porque já estava seco...

Saudades...

Sem comentários:

Enviar um comentário