quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Pão-por -Deus Solidário

Este ano, pela primeira vez na minha terra, os adolescentes, jovens e alguns catequistas saíram à rua no dia 1 de Novembro - dia de pedir o "Pão-por-Deus" - para pedir um pão-por-Deus especial. Este ano não fomos pedir doces! Pedimos alimentos, muitos alimentos para ajudar os que mais precisam...
Felizmente nunca passei fome, em minha casa, mesmo em tempos difíceis sempre houve pão e comida sem se destingir se era inicio ou fim do mês... Por isso não sei o que é isso de não ter comida. Mas a minha mãe conta-me histórias da sua infância e juventude, altura em que as coisas eram diferentes. E depois, porque não sou propriamente uma pessoa que vive num resort ou às custas de um bilionário ordenado sei que a vida não está fácil e que há cada vez mais pessoas a precisar de ajuda. E também conheço muitos casos... e apoio muitas instituições... e enfim, sou uma coração mole que, de certa forma, se comove e sofre com estas coisas... Por isso a manhã deste último domingo teve um gosto especial!
Pedimos na nossa igreja alimentos com alguma regularidade, mas nunca fomos porta a porta pedir para este fim, nunca havíamos chegado a todos: crente e não crentes... E também, foi a primeira vez que levei alguns miúdos que nunca tinham feito nada do género e tenho a dizer que é ter uma dupla satisfação! São iniciativas e domingos destes que fazem a vida valer tanto a pena...

Sem comentários:

Enviar um comentário