sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

O cliché mais puro da vida!

Quantas e quantas vezes pedimos saúde, desejamos saúde, pedimos para que nós e os nossos tenhamos saúde? É, ou pelo menos parece ser, um grande cliché. Para mim, o cliché mais puro da vida!
Sei que muitas vezes o pedimos sem pensar no seu real valor, pedimos apenas porque sim e porque fica bem... Sei porque era assim comigo! Não desejava o oposto a niguém, mas dizia palavras vazias, sem realmente perceber a importância de tão grande "valor". Mas hoje dou muito mais si
gnificado a isso quando desejo ou peço saúde para alguém e faço-o porque sei que é algo precioso e único, algo que quando falta faz doer, cansa, desgasta, maltrata, modifica... Há instantes dei por mim a pensar neste tema. E, necessáriamente, recordei que, há um ano atrás, estava a atravessar um periodo complicado, que andava triste e desmotivada, lembrei-me que me achava uma pobre coitada com "aquele" problema. Mas agora vejo que, comparado à falta de saúde, aquilo e tantas outras coisinhas da vida não é nada! Hoje já sei lidar melhor com a situação, já fiz coisas para amenizar o problema e às vezes até esqueço, até porque - e repito! - qualquer coisa comparada à falta de saúde não é n-a-d-a, nada!
Nunca fui de ligar muito à minha saúde, às vezes atraso as idas ao médico, vou às urgências sempre na última e evito ao máximo tomar medicação, peço exames de rotina, faço-os, mas nem sempre os mostro atempadamente ao médico e reconheço que, muitas e muitas vezes, me descuido com a minha saúde e arrisco demais... Mas, isso terá que mudar! 

Sem comentários:

Enviar um comentário