domingo, 3 de janeiro de 2016

2015 foi um bom ano!

Em 2015 eu recordo tantas coisas boas e algumas menos boas... 2015 foi de facto um ano muito. muito bom!!! Em 2015: 
 - Levei, pela 1.ª vez, o meu Sobrinho a um teatro a sério. (fomos os dois ao Politeama ver o Principezinho);
 - Fui passar, um dos melhores, mais tranquilos e felizes, fins-de-semana a Coimbra;
 - Estive em Pailvo, uma bonita terra;
 - Fui ao Carnaval de Torres, pela 1.ª vez, com um grupo em tudo diferente do habitual;
 - Nasceu a bebe mais linda da minha vida;
 - Voltei a ir à Missa Crismal, na Sé Patriarcal de Lisboa;
 - Participei a 100% no Tríduo Pascal;
 - Ajudei a organizar em Mafra, a JDJ e correu tudo muito bem;
 - Levei "o meu grupo" a participar no Festival e com eles vivi intensamente ensaios, construção da letra, música e vídeo de uma forma muito bonita;
 - Os meus três sobrinhos fizeram a 1.ª Comunhão e eu mimei-os muito nesse bonito dia;
 - Voltei ao voluntariado junto de pessoas em condição de sem-abrigo e de idosos;
 - Estive na Bênção das fitas da minha pequenina J.;
 - Fortaleci amizades inimagináveis e adquiri novos amigos;
 - Assisti ao crisma de 5 meninos extraordinários;
 - Ajudei num festival de rock e comecei a sentir-me "em casa" na casa vizinha;
 - Fui aos Santos a Lisboa e cruzei-me com a marcha vencedora;
 - Fui com o meu sobrinho ao Badoka e assisti à sua felicidade, após um ano de muito trabalho na escola;
 - Tive um fim-de-semana grandioso, em todos os aspectos, na maravilhosa casa do Telhal;
 - Ajudei a organizar um bonito baptizado;
 - Estive, na Ericeira, com o meu pessoal a relembrar o festival;
 - Conheci a minha sobrinha linda;
 - Fui de férias por uns dias para Portimão e lá entrei com o pé direitos nos meus 31 anos;
 - Tive direito à melhor festa de anos surpresa de sempre e acabei a noite na praia;
 - Os meus "para sempre miúdos" prepararam-me a maior surpresa de sempre e fartei-me de chorar de felicidade;
 - Voltei ao meu querido Porto e a Felgueiras;
 - Levei um grupinho de malta fixe ao Encontro Nacional da JMV e foi brutal;
 - Fui de novo de férias para Portimão, com amigos, com quem nunca tinha passado férias antes e foi muito fixe (sem contar com a ida ao hospital às tantas da madrugada);
 - Fiz a minha tatuagem;
 - Inscrevi-me com um montão de gente para a próxima JMJ, que se realizará já em 2016;
 - Fui e levei comigo duas "meninas lindas" ao Festival Diocesano e lá o Espírito Santo esteve presente;
 - Fui convidada (e aceitei) para ser madrinha de Crisma;
 - Fui a Fátima ao Encontro da família Vicentina e assisti a um teatro muito fixe;
 - Assisti e apoio a 1000% à formação do novo grupo de jovens do Sobreiro: o JENGA;
 - Organizei o 1.º Pão por Deus Solidário e foi muito proveitoso, em todos os aspectos;
 - Estive na organização de mais uns grandes eventos a nível profissional;
 - Estive com um grande amigo que neste momento foi "morar" para longe;
 - Assisti à Admissão do meu pessoal à JMV;
 - Fui convidada para um casamento e um baptizado;
 - Voltei a estar a 100% nas campanhas do Banco Alimentar e a vestir aquela camisola com um grande orgulho;
 - Reforcei grandes laços de amizade e soube perdoar e amar acima de qualquer coisa...
 - Inscrevi-me no Ginásio, mas não durou muito tempo;
 - Adiei tempo demais uma visita à Nonô e culpabilizei-me muito por isso;
 - Apoiei e estive ao lado de uma amiga nos seus piores momentos e recordarei isso por muitos anos de amizade;
 - Descuidei-me da minha saúde e apanhei uns grandes sustos;
 - Vivi afastada de um amigo e a minha vida foi mais triste por isso;
 - Relativizei as "ausências", aceitas as presenças e vivi cada dia da melhor forma possível;
 - Descobri que há pessoas muito más;
 - E enchi-me de orgulho com a aplicação do verbo: constrói na minha comunidade e na minha igreja;


Foi incrível!!!


Sem comentários:

Enviar um comentário