sexta-feira, 8 de julho de 2016

Uma vida de sorrisos tolos!

Há coisas, pessoas, momentos, lugares, palavras, gestos, toques... que valem mais do que tudo na vida! Gosto das coisas simples da vida e de dar valor ao que me enche o coração...
Quantas vezes buscamos as coisas mais certas da vida, aquilo que é politicamente o correto, a segurança e a estabilidade, a certeza de que "isto ou aquilo" é o melhor para mim/nós... E depois vivemos com o peso de não estarmos totalmente bem connosco e com o mundo, sentimo-nos incompletos, acorrentados a um vida pequenina, com a extrema necessidade de algo mais... Falta-nos a espontaneidade de sorrir tolamente só porque sim, ou porque nos recordamos de certas coisas, pessoas, momentos, lugares, palavras, gestos, toques (...) que nos marcaram ou ainda simplesmente só porque nos apetece. E ponto. O mundo tirou-nos a liberdade de puder andar descalça, de dançar à chuva, de abrir os braços ao vento, de gritar bem alto, de fazer por ser feliz a cada instante...
Prefiro um bilião de vezes não ter o correto e puder/saber sorrir tolamente! Prefiro ter uma vida de sorrisos tolos, a ter uma sobrevivência sem sorrir!  
A vida - a minha vida - é tão mais feliz quando acordo [como hoje] de sorriso tolo na cara...


Sem comentários:

Enviar um comentário